Como Usar e Onde Encontrar Pulseiras Masculinas!


06/08/07
Na(s) categoria(s): Comportamento, Romântico Sim Por Que Não? | Postado por Diandra Fernandes às 19:52

Se você deixou para engatar um segundo encontro nas mãos dela e ela até agora não ligou… muito provavelmente não foi porque ela perdeu o seu telefone. Talvez a razão esteja na percepção que ela teve de você no primeiro encontro. E se por algum acaso você deu a impressão de ser algum dos tipinhos abaixo, mesmo sem querer ou sem ser você um exemplo de… probably that was it!

Mr. Eu sou rico e não canso de me gabar por isso – Ficar falando e contando vantagens de sua conta bancária e bens pessoais não vai impressionar ninguém, só as gold diggers. E se não estiver atrás de uma, deixe o relatório para o Imposto de Renda, somente.

Mr. Não tô nem aí para o meu visu – Se você acha que pode aparecer num primeiro, segundo, terceiro ou mesmo num centésimo encontro caindo aos pedaços, um desleixo só, think again. Se você não coloca o mínimo de empenho para se arrumar pra ela assim logo de cara… imagina só o que a espera down the road. Seriously, guys! Put an effort!

Mr. Grossura PuraOh, my! Não trate o garçom, bilheteiro de cinema ou qualquer pessoa que esteja lhe prestando um serviço (ou todas as outras for the matter) de maneira grosseira. Delicadeza é necessário, mesmo na hora da bronca. Pois além de morrer de vergonha, ela vai achar que grosserias da sua parte esperam por ela anytime soon. Controle o gênio, dude.

Mr. Mão de Vaca – No primeiro encontro quem paga é você. E estamos conversados. Se ela ou você forem do tipo moderninhos, que levantem a questão de um racha ou dela pagar uma conta futuramente lá para frente. De chofre, nunca! Se quiser claro, causar uma boa impressão. 

Mr. Ainda sou casado, pelo menos em pensamento – Ficar falando da ex quem quer que ela seja é um turnoff dos grandes. Evite a todo custo levantar o assunto, discuti-lo então… fora de questão. Não pega bem e só vai indicar que você ainda pensa mais do que devia na própria. E quem vai querer esta sina pela frente?

Mr. Mãozinha Incoveniente – Toques de qualquer natureza num primeiro encontro (a não ser que role um beijo assim logo de cara, ou coisa mais íntima ou uma daquelas paixões mútuas e incontroláveis à primeira olhada) não são bem-vindos. Conheça-a primeiro antes de tomar certas liberdades, pois qualquer tentativa de contato mais íntimo pode denotar muita agessividade da sua parte.

Mr. Já sei que tipo de mulher você é – Perguntinha: sabe como? Se pra conhecer alguém leva tempo e pra conhecer super bem, mais tempo ainda? Não comece a fazer julgamentos e classificações pelo papo que está rolando. Deixe que ela se sinta à vontade para ir se revelando por si só, sem etiquetá-la assim logo de cara. Ainda mais em alto e bom som. Mesmo porque, rapazes… vocês são péssimos para fazer esta leitura acuradamente. Ôh, se são.

Mr. Distraído – não fique prestando atenção à direção do vento, atendendo celular e nem se distraindo com “as” ou “os” outros no pedaço. Focar a atenção na pessoa que está com você é muito importante, pois se sentir preterida é uma das piores coisas que pode acontecer. Desligue o celular, olhe para ela e preste atenção em cada palavra do que ela está falando.

Mr. Negócios SA – Encontro com possibildades amorosas não é lugar para falar de negócios e muito menos tratá-lo como um. FYI: Se você é daqueles que tratam os primeiros encontros como uma transação de negócios, dificilmente fechará este.

Mr. Uma Pilha de Nervos – Ficar o tempo todo sacudindo os pés, as mãos e/ou o corpo, brincar com os talheres, não parar um segundo na cadeira só vai fazê-la crer que ou você tem algum sério problema psico ou neurológico ou então está escondendo algo. Portanto, melhor camuflar o tique-tique nervoso antes que ele te delate!

Fonte: Yahoo Personals 





9 dudes comentaram nesse post:

  1. Rhazahrd disse:
    7 de August de 2007 às 00:02

    Uia…
    Ainda bem que sou uma mistura de Mr. Old School com Mr. Distraido e Mr. Shy…
    Por sorte, o lado timido dá cobertura pro meu lado distraido…Não consigo me focar o tempo inteiro na pessoa porque qd os olhares se cruzam eu fico sem jeito…
    E não: Não tenho problemas nenhum com as paqueras (Só hoje, já tenho minha respectiva)

    Reply

  2. Bruno E.T. disse:
    7 de August de 2007 às 14:31

    Faço minhas as palavras do RHAZAHRD!
    HUÀ!

    Reply

  3. Pâmela disse:
    17 de November de 2008 às 01:49

    Boa noite,
    Tive a experiencia de um 1º encontro , fomos jantar numa pizzaria foi muito legal , mas o cara do nada começou a pegar na minha mãe , comecei a não gostar, dizendo pra ele sorrindo assim vc me deixa mais envergonhada e ficava ereta na cadeira com as minhas mãos no meio da perna , pra que ele não fizesse isso de novo, e mesmo assim continuou, tudo bem no carro voltando pra casa ele me pede um beijo , eu respondo nossa não to afim , éisso disse que te falei dos caras não se comportar no 1º encontro, ele entendeu disse claro entendi, ai disse as coisas acontecem naturalmente sem vc precisar pedir, dei um abraço nele e disse gostei de te conhecer , obrigada pelo jantar maravilhoso, ele disse espero que se repita novamente.
    Mas o porque que os caras são assim , o que eles querem na verdade só pensam nisso, e porque não deixam as coisas acontecem , precisa ter clima e eu preciso sentir vontade de beijar a pessoa não é assim não .
    Mulheres estamos perdidas.
    Bjos ..

    Reply

  4. Pingback: Por aqui: Festival Dia dos Namorados « Homens Modernos

  5. Pingback: Por Aqui: Tudo o que Eu Já Falei Sobre o Dia dos Namorados « Homens Modernos

  6. Mah disse:
    25 de September de 2010 às 14:55

    Adorei…. homens leiam atentamente, decorem, imprimam esse texto e colem na porta do guarda-roupa, e boa sorte kkkkk
    Bjus

    Reply

  7. Pingback: Um FlashBack Pro Dia Dos Namorados – Com Sugestões de Presentes E Otras Cositas Más « Homens Modernos

  8. Fran disse:
    2 de June de 2012 às 18:55

    Eu não acho certo essas coisas. Creio que o cara tenha que ser o que ele é, seja no primeiro, segundo, décimo ou centésimo encontro. Caso contrário, do que adianta finalizar a noite com um simples “Foi um prazer conhecê-la” e “Tenha uma boa noite” invés do clássico “Eu te ligo” se de resto ele vai ter te dado uma falsa esperança de que ele é um cara ~perfeito que não não comete nenhum deslize dos citados acima? Acho que o cara tem que ser pura e simplesmente o que ele é.

    Reply

  9. Fran disse:
    2 de June de 2012 às 18:58

    A não ser, claro, que ele vá tomar essas dicas para evoluir como pessoa e não para atuar nos encontros.

    Reply


Deixe seu comentário