Como Usar e Onde Encontrar Pulseiras Masculinas!


06/09/07
Na(s) categoria(s): O Que e Como Usar | Postado por Diandra Fernandes às 11:43

 Um de abotoamento duplo tem que ter um fitting quase militar-like

O inverno está quase no fim (thank God!), mas como sei também que muitos devem dar uma viajada para curtir (?) o outono ou o inverno em algum lugar do planeta, loguinho, não custa dar uma palavrinha sobre eles.

Um bom sobretudo (que vem a ser um casaco pesado usado sobre “todo o resto”, também conhecido como “tudo”) é peça básica de qualquer guarda-roupa de um homem elegante. É claro que o clima no nosso país não pede muito por um, se bem que vez ou outra… não pede, ordena! Que o diga o sul, não? Mas enfim, ele é um must em qualquer bagagem de frio. De lazer ou business. Na verdade, ele deve ser o seu casaco de escolha para o óbvio, que é ficar quentinho em temperaturas desafiadoras e também para lhe vestir super bem em eventos sociais ou situações formais e/ou importantes, pois confere elegância ao visual.

Desde que seja bem escolhido, é claro. 

Ele, por exemplo, acompanha muito bem o terno em várias ocasiões como aquela reunião de negócios importantíssima (se principalmente a idéia for chegar elegantérrimo ao quadrado), uma ida à ópera (se um dia lhe der na veneta assistir uma) ou mesmo um casamento sob condições friorentérrimas. Ele pode ainda fazer as honras de “sobretó”, sendo usado em preterência ao paletó do terno, bem como na foto abaixo. Na linha casualmente dressy, é óbvio.

Casaco-tó!

Mas pode também ser uma opção para esquentar o combo calça jeans com golinha rulê na boa ou outras montadas menos aprumadas.

Pois então, a primeira e talvez mais importante coisa a saber é que sobretudo não é robe de banho e nem deve ser usado como tal. Ele deve cair como uma luva no seu corpo, bem ajustado mesmo e não como se desse para abrigar uma família inteira por baixo. Fit, fit, fit é mais do que lei aqui. Nada próximo de uma camisa de força, mas… ajustado sim à sua silhueta. Não me interessa se você vai usá-lo por cima do seu terno ou do combo calça jeans com whatever, a lei neste caso é bem “justa”, pois se aplica a todas as montadas e ocasiões.

E já que falei de ternos… o seu casaco deve ser do tamanho do seu terno e não um número maior porque vai abrigá-lo também. Entendido? E que ele seja sempre experimentado por cima de alguma roupa, de preferência do seu terno, para que você tenha a exata noção do sobretudo certo pra você e não um para você e mais alguém dentro. E que o ombro do sobretudo comporte o ombro do terno sem problemas.

Navy and sharp!

Dito isso, que o seu seja bem estruturado nos ombros para cair bem de cima a baixo no seu corpo. E que as lapelas e o colarinho se assentem adequadamente quando em você, sem levantar ou sair do lugar.

Um bom comprimento para se ter um sobretudo moderno e contemporâneo é na altura um pouco acima dos joelhos. Mas cuidado, pois este pode deixá-lo com a parte de cima do corpo pesada demais. E se você já tiver peso aí… Além do que, são percebidos como menos dressy do que as versões mais longas da peça.

Já o jeito tradicional de esportá-lo é um tantinho abaixo do joelho. Mas um tantinho mesmo. Se preferir um mais longo e igualmente tradicional, deve usá-lo mais abaixo ainda, mais ou menos no meio da batata da perna, algo entre 15 e 20 centímetros abaixo do joelho, sem no entanto ser mais longo do que isso ou longo demais a ponto de limpar o chão, tá? Lembrando que estes (os mais longos) são considerados os mais sofisticados.

E sim, alterações podem e devem ser feitas para que o sobretudo fique tinindo em você, principalmente no quesito mangas e comprimento.

Para quem está mais para a liga dos baixinhos uma sugestão: uma jaqueta ou um casaco mais curto na altura do quadril, sempre cobrindo o paletó se estiver usando um por baixo, lhe caem melhor, pois lhe dará “altitude”. Mas se por algum acaso o frio pedir ou o faniquito de ter um bater à sua porta, escolha um sobretudo na linha topcoat o mais curto possível. Ou então, tente um na área do joelho (um pouco acima dele, quem sabe?) e veja o que melhor lhe favorece. E em qualquer caso… apostar num na cor da roupa usada por baixo, principalmente da calça investindo num look monocromático, pode ajudar nessa. Mas não garanto nada. 

Em qualquer caso, que seja bem rente e estruturado o máximo possível, pois usando um você precisará desta help.

E se usar o seu sobretudo curtinho, jaqueta ou casaco curto por cima de paletós ou blazers, use um que cubra por completo o comprimento da peça em questão. Sempre.

Homens mais altos e mais “substanciais” nas suas formas podem optar por um mais longo, na altura da batata da perna ou adjacências.

E para todos os proprietários de sobretudos: mangas não foram feitas para fazer as honras de luvas. Não deixe que elas avancem demais mão a fora, senão estraga o look ou detona a sua silhueta. 

Dito isso, em todo caso, as mangas do sobretudo sempre devem cobrir a manga de tudo que está sendo usado por baixo dele. Sem exceções. E cobrir as barras de paletós, túnicas, jaquetas ou o que quer que esteja por baixo (e no topo do seu corpo) também é mandatório.

E anote: como um belo sobretudo pode fazer maravilhas pelo seu look, invista no melhor que a sua conta bancária possa comprar, pois mesmo que todo o resto não seja lá essas coisas, um sobretudo de primeira garante uma certa sofisticação ao visual. E não vai jamais ficar datado, e se bem cuidado, durará anos. E não, não vai requerer tantas lavagens a seco como você está aí pensando. Portanto, vale o investimento.

Pra sua informação: as melhores opções sempre vão cair na família dos pertencentes à lã, cashmere e blends, principalmente entre os dois. E cores como marinho, cinza e camelo são ótimos curingas de naipe clássico assim como o preto também pode ser. E um marrom diurna ou informalmente, idem. Se levar o seu para viajar, considere levar tons escuros pois viajam melhor por sujar – ou dar a impressão de sujar – menos. 

Agora, se quiser se destacar na multidão… aposte em um na cor camelo (bege vivo). Se bem que para ocasiões noturnas, um escuro sempre dará um melhor tom.

Sobretudo Camelo

Um abotoamento simples, além de ser mais democrático, garante sempre uma silhueta mais sharp, já um de abotoamento duplo pode parecer largo demais, por isso precisa ter no corpo um resultado quase militar. Senão, dança. Em você, literalmente. E isso é tudo o que um sobretudo não deve ser.

Nunca.

Zegna topcoat cinza claroAbotoamento duploPurple Camel Coat





17 dudes comentaram nesse post:

  1. Rhazahrd disse:
    6 de September de 2007 às 14:16

    Essas ultimas imagens são fenomenais.
    Esse ‘look’ do sobretudo cinza pra mim ficou matador.
    Morar no centro-oeste é tãããão ruim…
    =(

    Reply

  2. Diandra disse:
    6 de September de 2007 às 19:07

    C’est la vie!

    XO

    Reply

  3. Rhazahrd disse:
    6 de September de 2007 às 19:13

    Ei super..
    Eu comento em blog demais, e acabo sempre esquecendo onde eu comentei e em qual post. (no teu caso, artigo), e só agora eu li que voce já tá conseguindo escrever meu nick sem colar…=D.
    Agora me sinto até intimo de voce (resquicios de uma adolescencia em bate-papos)
    XOXO
    ps: c’est la vie significa …? (preguiça de procurar no google)

    Reply

  4. Diandra disse:
    6 de September de 2007 às 19:24

    Vero.

    E C’est la vie quer dizer é a vida!

    XO

    Reply

  5. guinho disse:
    8 de September de 2007 às 13:31

    adoro sobretudos
    quero ter uma cooleção deles…
    por enquanto só tenho tres…

    Reply

  6. Diandra disse:
    10 de September de 2007 às 11:50

    Olá Guinho,

    Está pensando em se mudar para o pólo norte, é?
    rs

    XO

    Reply

  7. Pingback: Look du Jour: Um bom overcoat para os baixinhos « Homens Modernos

  8. Pingback: O terno da primavera/verão, agora segundo a GQ « Homens Modernos

  9. Alan Dourado disse:
    18 de June de 2008 às 02:53

    Uau… estou para adquirir um, mas não sei como se diz isso em francês, rsrsrs… Uma amiga da família trará da Bélgica.
    Vou investir no preto. Considero mais versátil. Mas obrigado pela dica de colocá-lo aos joelhs. Farei isso.
    brigadão.

    Reply

  10. André disse:
    26 de August de 2008 às 20:52

    mto porreiro… alguem me sabe dizer uma loja porreira para encontrar sobretudos?

    (podem mandar mail para x_life@sapo.pt)

    😉 adoro sobretudos… so ainda não encontrei um que gostasse mesmo

    Reply

  11. BrunO disse:
    19 de August de 2010 às 17:16

    Oie.!

    Estou a procurar de uma loja em bh, que tenha sobre tudo.!
    alguem poderia me informar alguama.??

    Reply

  12. Pingback: FlashBack du Jour: Papos sobre Algumas Peças, Acessórios, Montadas, Cores, Compras… Dá Uma Olhada! « Homens Modernos

  13. Cicero disse:
    16 de March de 2011 às 20:19

    Amo sobretudo, acho muito elegantes, pena que sou baixo 🙁 (1,70) não rola muito não…

    Reply

  14. Jorge disse:
    17 de March de 2011 às 01:41

    Post Perfeito.

    Moro em Curitiba e aki o frio já chegou chegando. Acho que esse ano vai ser muito frio. Tenho 1,70 de altura, vou optar por um mais curto.

    Vlw

    Reply

  15. nick bradlley disse:
    10 de May de 2011 às 22:05

    Gostaria de mais modelos de sobretudo

    Reply

  16. Fábio Venhorst disse:
    22 de June de 2015 às 15:41

    Tenho um e gosto muito, no inverno por aqui, sempre se acha ocasião de usar.

    Reply

  17. Pingback: No Look: Terno Com Casaco E Cachecolão - Dudes Modernos


Deixe seu comentário