Como Usar e Onde Encontrar Pulseiras Masculinas!


01/08/12
Na(s) categoria(s): Anote Essa!, Guia de Compras | Postado por Diandra Fernandes às 5:56

Então eu fiz uma listinha do que eu acho que pode ser um presente legal. Quem sabe ajuda…

  • Um bom vinho. Ou se ele preferir uma outra bebida. Mas aí vale escolher uma especial das boas ou aquela que ele amadora. Ou um minibar viajante. Ou acessórios pro bar pessoal dele.
  • Se ele trabalha em casa ou num escritório vale pensar em acessórios pra mesa dele. Um set ou algo especial.
  • Algo personalizado, com o nome dele tipo um moneyclip.
  • Uma série de aulas de algo que ele sempre esteve a fim de fazer mas por alguma razão acabou nunca fazendo, como música. Vale também um workshop que segue a linha.
  • Algo que ele precise mas não curte comprar como uma gravata legal, elegante até pra ir àqueles casamentos que sempre tem que ir nos trinques. Ou um set de sapato e cinto social.
  • Um case legal pra colocar um ou todos os seus gadgets eletrônicos.
  • Se ele gosta de viajar, uma carteira que dê pra colocar tudo que necessite como dinheiro, cartões, passagens, passaporte etc e tal. Ou uma carteira legal, se a dele anda pedindo outra. Aliás, dar uma olhada nas coisas que ele tem e costuma usar sempre e que já estão implorando por replacement é uma boa pra sacar o que pode dar.
  • Se ele curte fazer uma churrascada nos fins de semana pode pensar em algo que ele utilize ou num set pra esta prática.
  • Se curte um joguinho e/ou anda precisando de novas distrações, uma mala de poker ou um set destes de dadinhos.
  • Dar uma olhada numa tabacaria é sempre uma boa pra pinçar ideias ou mesmo presentes. E não, lá não vende só tabaco e afins.
  • Caixa ou bolsa de ferramentas, se ele adora desconsertar coisas na casa e ainda não tem a sua…

Mas sabe né, que presente bom segue a máxima do” quem recebe precisa, quer ou gosta”. E se for um mix dos 3, eis o hat trick da arte de presentear bem. Mas pra saber o que se enquadraria nestes itens só prestando atenção no seu pai ou perguntando pra alguém que convive com ele mais do que você, tipo a sua mãe, se eles ainda forem casados.





0 dudes comentaram nesse post:


Deixe seu comentário