Como Usar e Onde Encontrar Pulseiras Masculinas!


20/08/12
Na(s) categoria(s): Por Aqui | Postado por Diandra Fernandes às 10:09

Então, eu sou super in sync com aquela máxima do “regra boa é aquela a ser quebrada”, mas pra executá-la to a T é preciso se valer antes de uma outra, mais precisamente desta aqui ó: “first know the rules and then break them”. Porque se vai quebrar uma regra tem que quebrar com propriedade e pra quebrá-la com propriedade tem que gabaritá-la antes. Por isso que eu criei a seção, que nem é composta de regrinhas per se e sim papos pra que vocês entendam o que de fato conta na hora do bem-vestir.

Por isso e porque o que eu sempre vi por aqui na terra brasilis é gente de moda falando que o brasileiro é meio careta na hora de se vestir, tradi ou basiquinho demais blá blá blá, mas dar info base pros caras que é bom não rolava. Como se vocês tivessem que pescar tudo de uma vez no tranco, sabe como? Lembrando que o Brasil não tem um histórico de cultura de moda e muita informação sobre coisas essenciais que os homens brasileiros tinham eram na verdade bem equivocadas como por exemplo a questão do fit, do caimento das roupas. Quando eu comecei a blogar, até aquele momento o maior equívoco era achar que roupa masculina tinha que ser soltinha, tipo o cara era tamanho M mas usava tamanho G ou GG porque ele pensava que roupa masculina was meant to be worn that way. De lá pra cá, com o advento do slim fit e do skinny isso vem mudando, mas trouxe junto um outro equívoco: o de achar que roupa masculina pra ficar elegante só rola na base do slim fit ou skinny, o que também não é verdade já que existe o jeito tradi de encarar essa que superfunciona. E não, este jeito tradi não é o da roupa soltinha um ou dois tamanhos maiores, mas sim no seu tamanho, só que um tanto menos rente à silhueta do que o slim fit e o skinny way. E estes equívocos rolam por justamente ter informação atirada ou visualizada sem uma base sólida por trás.

Mas enfim, voltando ao papo anterior… parece que as pessoas querem que do nada os homens brasileiros virem os descolados e “muderninhos” do momento, trend-oriented, com o estilo fashion forward, adotando as “novidades” de cada estação just because, como se isso fosse de fato o mais importante, como se isso fosse condição sine qua non pra ser moderno. And dude, nem é. Porque esta seria somente mais uma possibilidade que poderia rolar pra alguns mas que não vai ter o mesmo resultado pra outros. Ou seja, não é bem por aí.

E se você der uma conferida em todos os papos que eu bati na seção vai sacar o que de fato matters. Or so I hope.


Tags:



0 dudes comentaram nesse post:


Deixe seu comentário