Como Usar e Onde Encontrar Pulseiras Masculinas!


24/09/13

tipos-colarinhos-como-usarComo o assunto colarinho é bem vasto, vou tentar dar uma geral no quesito, mostrando os principais colarinhos e as informações relevantes. Dito isso, eu não vou definir os colarinhos como inglês, americano, francês, italiano ou italianíssimo porque nem sempre eles vão ser conhecidos as such unanimanete em todos os lugares do planeta. Acho muito melhor descrevê-los. Ou usar alguns nomes descritivos que se aplicam a eles. Acho que facilita. Eu pelo menos faço isso. Daí vou usar o nome em inglês e/ou vou aportuguesar, tá?

Mas se quiser saber anyways… por aqui o americano é o com botões na gola, o inglês é o Straight Point do mais próximo ao nem tanto mas preferivelmente um que seja mais longo (se bem que em alguns lugares o inglês é um mais aberto, conhecido como English Spread (perfeito pra caber o nó Windsor), tem também o francês que é o tradicional, na vibe do semi-spread e tem ainda o italiano que é o aberto (spread) ao extremamente aberto (o rosa acima), sendo este último também conhecido como italianíssimo (juro que já vi chamando o tal assim).

Mas voltando ao como eu me refiro aos colarinhos… a característica mais determinante de um colarinho é o quão aberto ou não ele é e pra onde aponta as pontas dele: pra baixo ou mais na diagonal ainda e avante. Nessa tem os pontudos que descem sem abrir muito ou quase nada com as pontas pra baixo. Tem uns mais próximos e outros nem tanto, que beiram o Semi-Spread mas continuam com as pontas mais pra baixo do que este. Estes são os chamados colarinhos Straight Point ou Point Forward. E eles podem ser mais longos, mais curtos ou medianos no comprimento.

E depois tem o Semi-Spread que é um colarinho um pouco mais aberto do que o anterior, o Straight Point. No board acima ele está representado solitário com o Semi-Spread embaixo, tá? Os outros fazem parte das categorias ao seu respectivo lado. Como os Spreads que já são os abertos, chamados de Spread ou Cutaway. Tem uma ampla variedade destes que vai do levemente aberto até o extremamente aberto. Eles todos também podem ser mais curtos, medianos ou mais longos um pouco.

 

tipos-colarinhos-homens

E falando de colarinhos longos, medianos e curtos… Vocês sabem que existem os colarinhos curtos, que eu chamo de diminutos e que deu uma aparecida nas camisas lately, não sabem? Então, eles podem figurar em modelos diferentes (ter aberturas diferentes, pontas longas ou arredondadas, ter botões na gola…) sendo que a natureza deles em comum é ter uma gola curta. Duh! Em contrapartida tem os mais longos que geralmente são os Straight Points ou com pouca abertura.

E tem ainda um tal de colarinho duplo, que vem na forma de um colarinho sobreposto ao outro, às vezes em cores ou tons diferentes e às vezes numa vibe mais fashionista surreal, com dois colarinhos um em cima do outro, tipo dois inteiros e à vista, saca? Mas coloquei estes só pra ilustrar que existem mais colarinhos do que o nosso vão conhecimento atesta. Tipo, existem os abertos mais curvados, os com um desenho diferente na gola… enfim… deu pra entender a mensagem, né? Good.

tipos-colarinhos-camisas-masculinas

Tem ainda os colarinhos que são mais altos e sobem bem mais no pescoço (os high collars) e os colarinhos que não têm gola que são chamados de sem colarinho ou colarinho chinês, mandarin, mao, padre… E estes figuram inclusive em camisas mais formais como opção de smoking sem gravata.

Tem ainda aqueles com alfinete na gola. Estes têm furos pra serem usados com alfinete de colarinho. São próprios pra este fim.

E aí a gente entra nos Tabs. Os Tabs têm a mesma função dos com Pins que é o de projetar o nó da gravata pra frente. E ele tem o modelo que faz isso com botões (button tab collar) e o que faz com estas presilhas(?) que clicam chamadas em inglês de snap, sabe quais? Tanto o com alfinete como o tab são feitos pra serem usados com gravata. Assim como supostamente os com colarinhos abertos o são.

tipos-colarinhos-masculinos

E como ainda tem mais modelos de colarinhos…temos os comas pontas arredondadas que são conhecidos como Golf ou Club. Em vários tamanhos (inclusive na vibe mais curto) como deu pra notar nas fotos que postei. E tem ainda o velho conhecido do colarinho contrastante onde ele difere da cor do corpo da camisa. Às vezes o punho é igualmente contrastante, outras ele figura na cor do corpo da camisa.

Continuando… tem também o colarinho com botões na gola e o que tem botões na gola mas que figuram escondidos por baixo dela. Estes também podem ser curtos, longos ou medianos e variar na abertura, sendo que geralmente eles nunca são muito abertos. O mesmo vale para os que têm pins. O primeiro porque colarinho com botões tem um karma mais casual e o outro porque pra usar com alfinete tem que estar próximo.

E last but not least tem o Wing ou Wint Tip que por aqui é conhecido como Quebrado mas eu me refiro a ele como aquele com asinha porque ele tem duas asinhas em forma de gola. Este é típico da camisa de smoking.

Ufa!

Agora, indo direto ao que interessa… porque eu sei que é isso que vocês querem saber… via de regra a escolha deles deve ser baseada na seguinte premissa: para quem tem o rosto muito fino ou afilado os mais abertos são mais indicados. Tipo do semi-spread até o extremamente aberto. Se o rosto for mais cheinho ou redondo quanto menos os colarinhos forem abertos, melhor. Ou seja, neste caso os mais indicados seriam do straight point até o semi-spread tops, sendo os na vibe do straight point os mais recomendados.

Quanto ao pescoço… se ele for muito comprido, um mais alto é recomendado pra contrabalançar, assim como um mais aberto. E evite um que seja muito curto também. Porque aí vai ficar desproporcional. Se o pescoço for curto ou quase não existente um com colarinho straight point mediano no comprimento ao mais comprido seria melhor. E pontudo. Um curto também não rolaria muito bem não.

Agora, cuidado com rosto comprido e rosto curto. Um rosto comprido seguindo a lógica ficaria melhor com um colarinho mais curto, mas se o rosto for muito comprido e o colarinho muito curto pode não  ficar legal e sim meio off, desproporcional. Aí o melhor é usar um mediano. Um curto também não é uma boa pra quem tem um rosto muito substancial. O mesmo vale pro pescoço.

Sobre os colarinhos muito longos… cuidado com eles também pra que eles não fiquem longos demais, o que não orna bem, disse o Beckham depois de usar um. hehehe Mas é sério. Escolha um longuinho mas não muito longo e nem um que fique desproporcional com a sua escala. O mesmo vale pro curto. Porque escala is everything nessa. Nessa e em todas as outras.

Como eu acho que compliquei mais do que expliquei, resumão:

  • Pra encurtar e contrabalançar rostos e pescoços finos – colarinhos mais abertos.
  • Pra alongar e afilar rosto e pescoço – colarinhos mais próximos, pontudos medianos ou longos. Evitar os arredondados é uma boa também.

E sim, via de regra quanto mais aberto, mais formal, já que colarinhos com abertura são feitos pra serem usados com nós substanciais o suficiente pra preencher o espaço. Dito isso, se um muito aberto não te favorecer, não tem o menor problema em usar um menos aberto ou reto pra baixo. Nenhum. Ao contrário. E via de regra, colarinhos mais durinhos e/ou com aquelas barbatanas pra insertar são mais formais. Os que são molóides são mais casuais.

nós-gravatas

E sobre os nós de gravata… o nó deve ser compatível com o espaço do colarinho. Ou seja, um mais aberto pede um nó mais substancial, um mais fechado, um nó menos substancial. E lembra sempre que a espessura do nó vai depender do tipo de nó mas sobretudo do tecido e espessura da gravata. Dito isso, um colarinho aberto nem precisa necessariamente de um nó super substancial tipo um Windsor ou o duplo Windsor. O que é melhor evitar é que o nó fique muito desmilinguido em comparação ao espaço. Pense numa gravata skinny daquelas mais finas com nó simples. Então, algo assim ou próximo disso é que não ornaria numa boa com um colarinho bem aberto ou extremamente aberto, tá?

E já que estamos falando de colarinho… sabe esta ONda de usar colarinho fechado sem gravata? Então, ela não é a melhor das opções pra quem tem pouco ou nada de pescoço ou um rosto rechonchudo. Aí é melhor sempre usar colarinho fechado com a gravata. Porque ela ajuda.


Tags:



2 dudes comentaram nesse post:

  1. lukas disse:
    25 de September de 2013 às 00:01

    Parabéns Di,

    …Este post foi perfeito…Cobriu o universo dos colarinhos com maestria.

    Os dudes agradecem!

    Lukas

    Reply


Deixe seu comentário