Como Usar e Onde Encontrar Pulseiras Masculinas!


29/08/16
Na(s) categoria(s): Saúde e Bem-Estar | Postado por Diandra Fernandes às 9:38

Um exame de sangue baratinho poderá identificar se uma infecção é causada por um vírus ou por uma bactéria, ajudando a prevenir a prescrição indevida de antibióticos. O teste de diagnóstico, descrito na revista científica americana Science Translational Medicine, está sendo desenvolvido pela Escola de Medicina da Universidade de Stanford, na Califórnia. E isso será uma boa porque hoje em dia é difícil definir se uma infecção é viral ou bacteriana já que elas são muito parecidas.

 

O novo teste, que ainda não está no mercado, funciona através da identificação de sete genes humanos cuja atividade muda durante uma infecção, e cujo padrão de atividade pode revelar se uma infecção é bacteriana ou viral. Até agora, exames desse tipo analisavam alterações em centenas de genes, o que os torna mais custosos, de acordo com os pesquisadores.

Uepa, que boa notícia. Quer dizer, acho até que poderia ser mais boa notícia ainda porque essa de usar antibiótico como elemento preventivo é das piores coisas que existem em grande parte dos casos. Porque antibiótico mata não só as bactérias ruins como as boas. E nessa arrasam com a nossa flora intestinal. E taí (pra muitos, inclusive pra mim) a base da nossa saúde, da nossa imunidade. E com ela abalada, a coisa desanda. E não, não é das coisas mais simples restabelecer o bom funcionamento dela não. Dá um trabalhão. E custa caro pra nossa saúde. Ô!

E ainda tem uma outra coisinha bem importante: quanto mais se usa antibióticos, mais resistentes a eles as bactérias ficam. Ainda mais quando usado sem infecção alguma. Por isso as superbactérias andam assombrando lately. Antibiótico pode ser sensa pra combater infecções, mas mesmo pra isso ele traz consequências. E sérias. Antibiótico não é balinha e não deveria ser prescrito e nem tomado as such. Mas pelo que eu vejo, parece bem isso. Tá errado, queridos doutores. Muito errado.





0 dudes comentaram nesse post:


Deixe seu comentário