Como Usar e Onde Encontrar Pulseiras Masculinas!


10/10/06
Na(s) categoria(s): Comportamento, Etiqueta e Boas Maneiras | Postado por Diandra Fernandes às 17:02

Tradição das mais antigas, o aperto de mão é um ótimo jeito de cumprimentar quem se está conhecendo pela primeira vez (social ou profissionalmente) ou mesmo se revendo pela enésima vez, mas não se tem lá tanta intimidade assim para trocar beijocas. Cai muito bem também para despedidas.

 

Um bom aperto de mão deve ser dado de forma firme, nunca frouxo. Mas não exagere, já que a idéia é fazer a pessoa sentir a sua presença e não se retorcer de dor. Encaixe sua mão inteira na da pessoa em questão até o polegar e aperte. Nada de ficar chacoalhando as mãos no ato de apertar. Um shake gentil só, basta.

E pelo amor de Deus, antes de qualquer aperto de mão, tenha a certeza de que sua mão não está nem suada, nem fedida. Para isso mantenha-as sempre secas e cheirosas, porque dar aquela enxugada básica na barra do paletó momentos antes do aperto não pega nada bem.




01/10/06
Na(s) categoria(s): Comportamento, Saúde e Bem-Estar | Postado por Diandra Fernandes às 21:48

Não podia deixar esta passar. Um estudo recente publicado na American Journal of Psychiatry comprova que não somos somente nós mulheres que podemos sofrer da síndrome Shop till You Drop Dead. Homens também podem padecer deste mal(?). E pasmem, na mesma proporção que nós. A única diferença seria que as mulheres tendem a procurar ajuda para o problema mais comumente do que os homens. E claro, enquanto homens preferem artigos tecs, cameras, cds, livros e outros brinquedinhos, nós preferimos roupas, acessórios, makeup, coisas pra casa…

O artigo ainda fala que geralmente esta síndrome consumista aparece cedo, lá pelos 20 poucos anos e está associada à classe média/baixa. Ela é caracterizada pela compra compulsiva e excessiva que geralmente vem seguida de um sentimento de culpa por comprar demais e/ou adquirir coisas que não precise ou vá usar. Fatores de risco? Alto grau de valores materialistas e baixa auto-estima. Se enquadra? Então, deixe o orgulho de lado e procure ajuda.




05/09/06
Na(s) categoria(s): Comportamento | Postado por Diandra Fernandes às 19:25

Há um tempo, o homem da vez era o dito metrossexual que era aquele cara que não tinha pudor nenhum de cuidar de si mesmo (fazia mão, pé e limpeza de pele), de se arrumar, era culto, bem informado principalmente sobre as boas coisas da vida, estava por dentro de tendências e assuntos do momento e tratava muito bem a todos e sobretudo as suas mulheres. Como o esteriótipo beirava um outro, o do homem gay, é claro que os machões de plantão não aceitaram muito bem a idéia de se converter nesse novo homem e revidaram na pele do retrossexual que vem a ser aquele cara que não liga pra si (ou pelo menos finge que não liga), curte mesmo esportes e uma boa cerveja e pega qualquer coisa do seu armário, diga-se bem reduzido, pra usar. O típico guy’s guy.

BeckhamRockerRusel Crowe é o expoente retro

Com dois tipos masculinos tão nos extremos, uma terceira espécie não demoraria muito pra aparecer no horizonte. E ao que parece, esse new type of man chegou não só para ficar como para de uma certa forma libertar o homem moderno de incômodos provocados tanto por retros e como metros, pois ele nada mais é do que um meio termo entre os dois. Nada mais justo e pé no chão, não? Aliás tem uma matéria ótima na Business Week falando sobre este novo homem e os seus hábitos de consumo. Vale a pena conferir. Eis o link: Secrets of the Male Shopper. 

Aproveite e faça o teste pra saber que tipo de homem você é! É só clicar no slideshow e clicar no quiz.




Anterior1583584585 Página 585 de 585