Como Usar e Onde Encontrar Pulseiras Masculinas!


07/12/06
Na(s) categoria(s): Anote Essa!, Comportamento, Etiqueta e Boas Maneiras | Postado por Diandra Fernandes às 19:55

Eu sei que celulares hoje em dia são apetrechos mais do que necessários no nosso cotidiano. Tanto que muitas vezes nos esquecemos quão inconvenientes eles são. No entanto, mesmo que o celular seja a sua vida, tem algumas coisas que você deveria saber para usá-lo sem passar por mal-educado.

Big no-nos:

  • No transporte público, qualquer um que seja.
  • No elevador. Se nem conversas entre duas pessoas ali presentes são de bom tom, imagina conversa ao telefone.
  • Na mesa do restaurante. Nada mais deselegante ou desrespeitoso para com o outro.
  • No cinema, teatro, ou eventos afins.
  • Em um encontro: pessoal ou profissional.
  • Em uma entrevista de emprego ou qualquer outro compromisso ou consulta.

Se por algum acaso esquecer de desligar, atenda e diga que está ocupado e aproveite para desligar e deixá-lo assim até poder atender sem pecar na boa educação.

E sempre que atender na frente de alguém que está com você, peça licença para interromper o papo e atender a chamada. Não demore e nem fale alto pois ninguém precisa saber sobre o quê você está conversando.




05/12/06
Na(s) categoria(s): Comportamento, Etiqueta e Boas Maneiras | Postado por Diandra Fernandes às 11:15

Eu sei que todo mundo tem o direito de vez ou outra acordar com o pé esquerdo e viver o seu dia de campeão da antipatia. No entanto, faça destes momentos uma exceção, preferivelmente rara, à regra. Tenha ou incorpore o hábito diário de cumprimentar as pessoas. Bom dia, boa tarde e um boa noite são ótimas maneiras de estabelecer um clima bom, mais leve no ar com todos, amigos, colegas de trabalho ou mesmo desconhecidos que só farão parte de sua vida num breve momento. E se dado com um sorriso no rosto então… Melhor ainda. Além de fazer um bem pra você mesmo…

Não esqueça de usar e abusar (lógico que dentro do bom senso) de outras palavrinhas mágicas no seu cotidiano como obrigado, muito obrigado, me desculpe, sinto muito… sempre que se fizerem necessárias. Pode parecer pouca coisa, ou mesmo atos insignificantes ou pura frescura, mas não são. Vivemos em sociedade e como tal, devemos dar o tom desta convivência inevitável. E por que não torná-la mais aprazível, simpática e elegantérrima?




10/10/06
Na(s) categoria(s): Comportamento, Etiqueta e Boas Maneiras | Postado por Diandra Fernandes às 17:02

Tradição das mais antigas, o aperto de mão é um ótimo jeito de cumprimentar quem se está conhecendo pela primeira vez (social ou profissionalmente) ou mesmo se revendo pela enésima vez, mas não se tem lá tanta intimidade assim para trocar beijocas. Cai muito bem também para despedidas.

 

Um bom aperto de mão deve ser dado de forma firme, nunca frouxo. Mas não exagere, já que a idéia é fazer a pessoa sentir a sua presença e não se retorcer de dor. Encaixe sua mão inteira na da pessoa em questão até o polegar e aperte. Nada de ficar chacoalhando as mãos no ato de apertar. Um shake gentil só, basta.

E pelo amor de Deus, antes de qualquer aperto de mão, tenha a certeza de que sua mão não está nem suada, nem fedida. Para isso mantenha-as sempre secas e cheirosas, porque dar aquela enxugada básica na barra do paletó momentos antes do aperto não pega nada bem.




Anterior1616263 Página 63 de 63