Como Usar e Onde Encontrar Pulseiras Masculinas!


24/05/07

Esfoliando com movimentos circulares…

Muito provavelmente a maioria de vocês nem sabia que esfoliantes existiam, quanto mais que era algo fundamental para tratar certos inconvenientes masculinos, né?

Bom, guys, esfoliação é algo essencial não só para se chegar a um barbear perfeito, mas também para refinar a pele do rosto e do corpo pois remove as células mortas e amacia a superfície da pele. E é indispensável principalmente nas áreas onde você faz depilação com cera, pois este método de depilação enfraquece o pêlo e ele fica sem forças para subir e crescer direito, aí encrava ou pior, inflama.

Portanto, não tem negociação, fazer esfoliação é uma obrigação. E diária. A não ser que a sua pele seja do tipo hiper sensível, aí melhor é fazer dia sim dia não ou pelo menos 1 ou 2 vezes na semana então. Mas tem que fazer sim.

No caso da barba, é ótimo dar uma esfoliada antes da sessão raspagem, pois ela não só vai prevenir pêlos encravados como também vai levantar os pêlos para um barbear mais rente. Se quiser, ou se a sua pele for do tipo mais delicada, faça assim que acordar, ao lavar o rosto, bem antes do barbear. Ou então à noite, no dia anterior.

E não se restrinja só a região da barba não. O seu rosto todo com exceção da área dos olhos vai se beneficiar com a esfoliação. Portanto, inclua-os também, senão diariamente, quase isso.

Se a sua pele não for tão delicada assim, pode fazer antes do banho, durante o banho ou como a primeira etapa do barbear. Experimente as possibilidades e veja como a sua pele reage. Mas só é necessário fazê-la uma vez ao dia, não mais que isso. E nada de usar buchas neste caso. Use somente uma quantidade suficiente do produto na pele, na área da barba e esfolie o rosto com as suas mãos. Faça movimentos circulares na área toda, inclusive pescoço por uns 30 segundos ou um minutinho. É para fazer com força, mas de forma delicada. Nada de arrancar pedaços de pele junto não.

Você pode fazer a esfoliação só com o produto ou acrescentar um pouquinho de nada de água no rosto antes de passar o esfoliante. Experimente as duas maneiras e veja a que melhor funciona pra você e a sua pele. Ou intercale os métodos.

Depois de esfoliar é só remover com água, lavar com sabonete para o seu tipo de pele e pronto. Baby skin, it is.

Não use esfoliante para o corpo no rosto não. Há produtos específicos para o rosto da Neutrogena, Nivea, Zirh e Clean and Clear por exemplo. Use-os.

Já se for fazer esfoliação no corpo… use um produto para o corpo(dãh!). Ou pelo menos passe e bem a buchinha vegetal nele todo. Sem nada. Ou melhor, com o seu sabonete no banho.

Quando fizer no corpo com a intenção de só dar uma amaciada na pele e remover as células mortas, pode fazer somente umas 2 vezes na semana. Mas se fizer depilação com cera, recomendo esfoliação diária ou dia sim, dia não. E com esfoliante. Se sofrer muito com pêlos encravados, recomendo que use na região o produto da Neutrogena Rapid Clear, que apesar de ser pro rosto, é ótimo para esta tarefa.

Aliás, se você sofre com problemas de acne ou sujeira excessiva nas costas, esfoliação, com o mesmo produto citado acima neles. Mas faça só uma vez na semana. Mas muito bem feita. É claro que será necessário pedir para alguém fazer por você. E nem olhe pra mim, pois eu sou apenas uma amiguinha virtual.

E não esqueça de áreas como o joelho, cotovelos, pés, mãos etc pois tudo faz parte do seu corpo. Depois é só retirar tudo com água, passar o seu sabonete, secar e hidratar a pele com um bom hidratante. Aliás, hidrate a pele todos os dias, mesmo os sem esfoliação.

Não sei se vocês sabem, mas há inclusive esfoliantes próprios para o couro cabeludo. Eles igualmente removem as células mortas, ajudam a conter e tratar a caspa e pelas útlimas notícias que reportei aqui, podem até dar uma mãozinha no nascimento de novos folículos capilares, o que ajudaria no tratamento ou prevenção da calvície, pois esfoliação é uma espécie de dermoabrasão. Mas aí, sou quem estou supondo que pode ajudar. Se quiser experimentar… mal não fará. E o seu cabelo vai adorar! Há um disponível no mercado da marca éh. Se decidir expirementar, siga as instruções do rótulo.

Confesso: ainda não esfoliei o meu couro cabeludo, mas com certeza já inclui na minha listinha do “coisas a experimentar num futuro bem próximo”…

E olha, não páre de esfoliar quando sentir que os seus problemas de pêlos encravados, espinhas e cia melhoraram. Diminua a frequência, mas não páre. Pois se parar, eles voltam. E tão chatinhos como sempre foram.

Em qualquer caso, não esqueçam de testar qualquer produto que forem usar antes, para evitar surpresas desagradáveis, pois nunca podemos ter certeza que não teremos reações alérgicas a eles. E o mais importante: preste atenção na sua pele e como ela reage e module a sua esfoliação de acordo. Ou se sentir que não é para você, simplesmente não faça. Nem tudo é feito pra todos e muito menos funciona de forma padrão. Ajustes talvez se façam necessários e sejam o segredo do sucesso.




20/05/07
Na(s) categoria(s): Um Papo Sobre... | Postado por Diandra Fernandes às 19:29

I am already hot and not in a good way!Pra quê o terno preto?

What is up with that? Nós vivemos num país tropical onde a maior parte do ano é um calor dos diabos e vocês ainda querem usar terno preto e pior como o terno de escolha para ir trabalhar? Só pode ser brincadeira, não? Dudes, só de olhar para vocês andando por aí sob um sol escaldante de terno preto é uma sauna visual para nós espectadores, imagina vocês dentro de um? É o quê? Tentativa suicida de perder uns quilinhos, é? Só pode, pois nada justificaria usar um terno preto, mesmo que seja o melhor e mais bem cortado do pedaço, durante o dia e pra trabalhar no Brasil. Tenha piedade de nós e de vocês mesmos.

Bom, dito tudo isto, digo mais um pouquinho: além de esquentar horrores mesmo que seja de tecido aclimatado tipo lã tropical/fria ou microfibra, um terno preto é altamente severo para uso diurno e dá um ar fúnebre que só ele sabe dar. Portanto, a não ser que você trabalhe numa casa funerária ou seja um agente do FBI, não use terno preto durante o dia. Reserve-o somente para a noite e para ocasiões formais. Mesmo.

E mesmo assim, se estiver um calor de matar, considere o azul marinho ou cinza médio pro escuro como opção, pois pode não parecer mas estas cores são visualmente muito mais frescas do que o preto e dão o mesmo efeito de sofisticação e solenidade. E faz sim diferença. Desde que você não use um terno de lã, lã mesmo ou pior, de poliéster que esquenta pavores!

Então recapitulando: não use terno preto para o seu dia a dia a não ser que o seu emprego exija o terno preto. Vai saber se você está ou não trabalhando para a família Adams? Se não for este o caso, opte por um azul marinho ou cinza claro ou médio. E experimente usar sapatos e cintos marrons, como alternativa para o combo preto (mas não vai comprometer se usar acessórios pretos não, pois esta é só mais uma sugestão para desaquecer o calor visual, ok?).

Aliás, por falar em marrons… eles também são bem-vindos desde que não em tons escuros demais como o café ou o chocolate amargo. O bege e o verde oliva também podem fazer parte do seu repertório “ternal”. Quando o tempo esfriar pode usar tons de cinza mais escuro, como o grafite e marrons idem. Mas o preto… deixe-o reservado somente para ocasiões noturnas e/ou formais, tá? Aí pode arrasar com uma camisa linda, imaculadamente branca e uma gravata deliciosamente bordô, prata ou rosa. Fora isso, nos poupe da tortura visual, combinado?

Ah, e sabe aquela entrevista de trabalho que você tem na semana que vem? Não vá de preto não. Escolha um terno azul marinho ou cinza médio pro escuro. São muito mais apropriados do que o preto, assim como o são para a tal reunião super importante da sua vida, apresentações ou ocasiões formais diurnas. Só use o seu terninho preto se não tiver opção melhor ou se ele for o mais bem cortado e ajustado do seu armário e você não tiver grana para mudar este cenário no momento.

E como eu sei que muitos portugueses passam por aqui, isso vale pra vocês também, mesmo no inverno de rachar. Pois o preto vai continuar fúnebre e severo do mesmo jeito se usado diurnamente wherever, inclusive na Antártica. A não ser é claro que volte a moda dos Homens de Terno Preto. Aí, admite-se, mas até lá… não, não e não!




27/04/07
Na(s) categoria(s): Coordenando Cores, O Que e Como Usar, Um Papo Sobre... | Postado por Diandra Fernandes às 19:55

Cashmere Vneck magentaStriped Pink Tie  Camisa Rosa BebêPink com pink, why not? Pink Polo

Não sei quem determinou que rosa é uma cor feminina, coisa de mulher. Mas sei de uma coisa: com certeza era alguém color blind ou que simplesmente não manjava nada de cor e nem de homens. Digo isso porque em termos de “favorabilidade”, se tem uma cor que é camarada com o sexo masculino é justamente o rosa. Dificilmente vou encontrar por aí um homem que não fique maravilhoso com algo rosa iluminando o rosto. Já não posso dizer o mesmo em relação às mulheres… Sério, guys!

Infelizmente, por esse pré-conceitozinho bobo, ainda há muita resistência de incorporar o rosa ao guarda-roupa masculino. O que é uma pena pois vocês estão se privando de um dos seus melhores aliados e um dos maiores trunfos que têm a seu dispor.

E não estou falando isso porque rosa é a minha cor favorita (fyi: não é não!). Nada disso. É a mais pura verdade. O rosa dá uma refrescada instantânea no visual, rejuvenesce, alegra e ilumina – o que mais pedir de uma cor? E não, ela não tira nem um pouco a masculinidade de ninguém. No máximo suaviza e nada mais. Portanto, não temam o poder do rosa. Ele é altamente recomendável.

E não sei se vocês sabem mas as camisas sociais rosas estão quase (se já não chegaram lá) se equivalendo às camisas brancas e azuis e se firmando como clássicas e curingas igualmente, pois são super versáteis e dão com quase ou tudo mesmo.

Dica: Para tirar melhor proveito da cor, não há necessidade de se vestir de rosa da cabeça aos pés. Use-a sim na parte de cima, perto do rosto na forma de camisas-setas, pólos, gravatas, coletes ou mesmo suéters. E pode ser desde de um rosinha clarinho bebê, passando pelo pink e indo até o violeta – o que preferir ou lhe cair melhor. Se não quiser usá-la de forma sólida, pode usá-la de forma temperada, escolhendo peças com notas ou estampas que tenham a cor nelas. Assim, mesmo discretamente, estará se beneficiando dela.

E então, colou?




Anterior1202122 Página 22 de 22