Como transformar 15 peças em mais de 200 looks!


18/06/08
Na(s) categoria(s): Anote Essa!, News | Postado por Diandra Fernandes às 15:41

Não sei se vocês sabem, mas lá no iG dá pra assistir aos desfiles no momento que eles acontecem, nesta page aqui. Ontem eu acompanhei alguns pelo link.

Agora, tem que saber quando os desfiles vão acontecer para aproveitar a brecha, tá? Basta se ligar nos horários do line-up e dar o famoso desconto do atraso, que sempre rola e ficar no aguardo. É o famoso saco fashion.

Agora, se perdeu e um outro ainda não rolou, dá pra assistir ao anterior… Pelo menos acabei de fazer isso com o da ELLUS… Mas vão ter que assisitir aos comerciais também.




18/06/08
Na(s) categoria(s): Por Aí | Postado por Diandra Fernandes às 12:49

E as dicas (que você confere aqui) para acertar o passo neste verão upstairs são do The Sartorialist, Scott Schuman. Nem preciso dizer que ele pegou fotos tiradas por ele mesmo para ilustrar as tips, né?

Posso adiantar que por lá tem o jeito certo de usar um look preto total na estação mais quente do ano, que um blazer azul claro pode fazer as honras com a mesma manha de um blazer marinho, que echarpes veranescas podem e devem ser usadas (em linho ou algodão) quando a brisa esfriar… enfim, essas coisinhas. 




17/06/08
Na(s) categoria(s): Just for Fun! | Postado por Diandra Fernandes às 20:19

Eu deveria ter postado essa no dia do Meio Ambiente, mas esqueci… e como todo dia é dia…

O Harrison Ford fez um comercial em prol do meio ambiente e para tal metáfora usou a depilação peitoral. O comercial você confere aqui. O comercial e o brinquinho do Mr. Ford too.

Poor thing… não pelo brinco, mas sim pelo desmatamento que sofreu…

Aliás, o comercial me lembrou um e-mail que o Robson me mandou sobre o martírio da depilação. Agora, só recomendo a leitura para aqueles de corações muito fortes ou então, para aqueles a fim de uma boa risada.

Não sei exatamente de onde o Robson tirou este relato e nem quem é o autor para dar o crédito (e nem ele), mas aqui vai a reprodução do e-mail:

“Estava eu assistindo tv numa tarde de domingo, naquele horário em que não se pode inventar nada o que fazer, pois no outro dia é segunda-feira, quando
minha esposa deitou ao meu lado e ficou brincando com minhas “partes”. Após alguns minutos ela veio com a seguinte idéia: Por que não depilamos seus
ovinhos, assim eu poderia fazer “outras coisas” com eles.
 
 Aquela frase foi igual um sino na minha cabeça. Por alguns segundos fiquei imaginando o que seriam “outras coisas”. Respondi que não, que doeria coisa
e tal, mas ela veio com argumentos sobre as novas técnicas de depilação e eu não tive mais como negar. Concordei.

Ela me pediu que ficasse pelado enquanto buscaria os equipamentos necessários para tal feito. Fiquei olhando para TV, porém minha mente estava vagando
pelas novas sensações que só acordei quando escutei o beep do microondas.

Ela voltou ao quarto com um pote de cera, uma espátula e alguns pedaços de plástico. Achei meio estranho aqueles equipamentos, mas ela estava com um
ar de “dona da situação” que deixaria qualquer médico urologista sentindo-se como residente. Fiquei tranqüilo e autorizei o restante do processo. Pediu
para que eu ficasse numa posição de quase-frango-assado e liberasse o aceso a zona do agrião. Pegou meus ovinhos como quem pega duas bolinhas de porcelana e começou a passar cera morna. Achei aquela sensação maravilhosa!! O Sr. Pinto já estava todo “pimpão” como quem diz: “sou o próximo da fila”!! Pelo início, fiquei imaginando quais seriam as “outras coisas” que viriam.

Após estarem completamente besuntados de cera, ela embrulhou ambos no plástico com tanto cuidado que eu achei que iria levá-los para viajem. Fiquei imaginando onde ela teria aprendido essa técnica de prazer: Na Thailândia, na China ou pela Internet mesmo. Porém, alguns segundos depois ela esticou o saquinho para um lado e deu um puxão repentino. Todas as novas sensações foram trocadas por um sonoro PUTAQUEOPARIU quase falado letra por letra.”

Olhei para o plástico para ver se o couro do meu saco não tinha ficado grudado na cera. Ela disse que ainda restaram alguns pelinhos, e que precisava passar
de novo. Respondi prontamente: Se depender de mim eles vão ficar aí para a eternidade!!

Segurei o Dr. Esquerdo e o Dr. Direito em minhas respectivas mãos, como quem segura os últimos ovos da mais bela ave amazônica em extinção, e fui para
o banheiro. Sentia o coração bater nos ovos. Abri o chuveiro e foi a primeira  vez que eu molho o saco antes de molhar a cabeça. Passei alguns minutos
só deixando a água escorrer pelo meu corpo.

Saí do banho, mas nesses momentos de dor qualquer homem vira um bebezinho novo: faz merda atrás de merda. Peguei meu gel pós barba com camomila “que
acalma a pele”, enchi as mãos e passei nos ovos. Foi como se tivesse passado molho de pimenta. Sentei na privada, peguei a toalha de rosto e fiquei abanando 
os ovos como quem abana um boxeador no 10° round. Olhei para meu pinto.   Ele era tão alegrinho minutos atrás, estava tão pequeno que mais  parecia que eu   

tinha saído de uma piscina 5 graus abaixo de zero.

Nesse momento minha esposa bate na porta do banheiro e perguntou o que estava acontecendo. Aquela voz antes aveludada ficou igual um carrasco mandando
eu entregar o presidente da revolução.

Saí do banheiro e voltei para o quarto. Ela estava argumentado que os pelos tinham saído pelas raízes, que demorariam voltar a nascer. “Pela espessura 
da pele do meu saco, meus netos irão nascer sem pelos nos ovos”, respondi.

Ela pediu para olhar como estavam. Eu falei para olhar com meio metro de distância e sem tocar em nada!!
 
Vesti a camiseta e fui dormir (somente de camiseta). Naquele momento sexo para mim seria somente para perpetuar a espécie humana.

No outro dia pela manhã fui me arrumar para ir trabalhar. Os ovos estavam mais calmos, porém mais vermelhos que tomates maduros. Foi estranho sentir
o vento bater em lugares nunca antes visitados. Tentei colocar a cueca, mas nada feito. Procurei alguma cueca de veludo e nada. Vesti a calça mais
folgada que achei no armário e fui trabalhar sem cueca mesmo.

Entrei na minha seção andando igual um cowboy cagado. Falei bom dia para todos, mas sem olhar nos olhos. E passei o dia inteiro trabalhando em pé com receio de encostar os tomates maduros em qualquer superfície.

Resultado, certas coisas devem ser feitas somente pelas mulheres. Não adianta tentar misturar os universos masculino e feminino.




17/06/08
Na(s) categoria(s): News | Postado por Diandra Fernandes às 14:55

Pra quem quiser saber quem desfila quando na semana de moda mais poderosa do país, clique aqui. E saibam que ela (a semana de moda paulistana) começa hoje, dia 17 e vai até o dia 23 de junho.

E só pra constar: os desfiles masculinos (ou com alguma menswear in it) serão estes aqui: Osklen, 2nd floor, Do Estilista, Ellus, V.Rom, Triton, Cia Marítima, Herchcovitch, Uma, Blue Man, Cavalera, Rosa Chá, Mario Queiroz, Colcci e Reserva.

Não sei se esqueci de alguém, mas enfim… ei-los. 




17/06/08
Na(s) categoria(s): Anote Essa!, Comportamento, Etiqueta e Boas Maneiras, Por Aí | Postado por Diandra Fernandes às 2:03

E além disso, neste report do G1, você ganha de quebra algumas tips de etiqueta online dadas pela Claudia Matarazzo para não correr o risco de se tornar um yourself.




16/06/08
Na(s) categoria(s): Anote Essa!, Aparência aka Grooming, Por Aí | Postado por Diandra Fernandes às 18:16

Na verdade, é o cabelo vencedor porque o seu dono, o guapo acima, David Cook foi o vencedor deste ano do American Idol e, na minha opinião também esportou o cabelo masculino vencedor da edição.

Pra ver a evolução do cabelo e as estlizadas que ele deu no próprio, clique aqui. E uma vez por lá confiram os looks do rapaz, também winners IMHO… 




Anterior110901091109210931094... 1273Próxima Página 1092 de 1273