Como Usar e Onde Encontrar Pulseiras Masculinas!


12/03/15
Na(s) categoria(s): Anote Essa!, How To | Postado por Diandra Fernandes às 9:24

E os erros são os seguintes:

erros na hora da lavagem

  • Exagerar na quantidade de sabão em pó, alvejante e amaciante. Não pense que mais significa uma lavagem melhor. Não. Isso pode acabar danificando o tecido. Sempre respeite os limites indicados na embalagem ou da máquina de lavar.
  • Não seguir as instruções da máquina de lavar, incluindo desrespeitar indicações de tempo, sobre as fibras dos tecidos e o limite de roupas por vez.
  • Não diluir o sabão em pó com água ao colocá-lo na máquina.
  • Esfregar demais, já que isso pode esgarçar o pobre coitado do tecido.
  • Misturar peças claras com escuras. Mas esse aí você sabe, né?
  • Peças com tecidos mais delicados rodando na máquina junto com peças mais encorpadas ou pesadas como jeans, por exemplo. Major don’t.
  • Lavar na máquina peças que pedem lavagem a seco.
  • Fechar os botões das camisas, já que isso pode esgarçar as casas.
  • Não fechar os zíperes das calças jeans antes de lavá-las na máquina, pois isso pode danificar a costura. E não colocar os bolsos pra fora na hora de secar.
  • Lavar toalhas e lençóis juntos, pois isso pode causar bolinhas.
  • Demorar muito pra pendurar as roupas lavadas. Isso pode causar mau odor e manchas.
  • Lavar roupas muito sujas, tipo aquelas cheias de barro junto com outras peças menos sujas e tal.
  • Esquecer as roupas de molho (tipo eu) já que isso pode causar o efeito contrário e pregar mais ainda a mancha ou sujeira, inclusive.
  • Deixar a máquina desnivelada , sambando já que isso danifica a fofa e afeta a sua eficiência.
  • Não lavar a máquina de lavar de tempos em tempos já que ela acumula sujeira, tá bom?

Lembrando que a lista contêm os erros de lavagem, ou seja, o que é melhor não fazer. 😉

Via Delas.




10/07/14
Na(s) categoria(s): Anote Essa! | Postado por Diandra Fernandes às 9:03

E é milagreiro, porque se tem um produto que tem mil e uma utilidades, salvadoras inclusive, é ele. Sobretudo para uma desastrada feito esta que vos bloga. Porque amigo, acho que não existe ninguém mais estabanada do que eu. Tá, talvez a JLaw seja, mas só ela poderia me bater nessa mesmo, viu… aff. E daí que outro dia (faz um bom tempo isso) eu derramei café bem generosamente na minha bolsa de couro favorita que é num tom vermelho meio melancia e tal. Ela ficou to-da manchada com o café. Mas to-da mesmo, tipo um belo strike. E depois de panicar por alguns instantes me lembrei dele, do vinagre de álcool e do seu poder milagreio e resolvi testar pra ver no que ia dar, porque né, o estrago já estava feito, anyways. Ainda bem que euzinha estava em casa e tinha, cla-ro, uma garrafa de vinagre de álcool no armário. Imagina se eu vivo sem ele… Peguei um pano de cor clarinha, molhei com o vinagre e passei em todas as manchas na minha bolsa, limpando bem. E depois que secou não tinha mancha alguma. Ju-ro. E no passado eu já tinha derramado café em outra bolsa (cla-ro), limpei com pano úmido e tal mas não saiu tanto quanto e tão fácil como com o vinagre. Dos deuses esse aí.

vinagre álcool utilidades mofo

Além de ser ótimo pra tirar manchas das peças, ele ainda tem uma outra ótima função no couro: ele limpa mofo e as manchas de mofo inclusive. Verdade que se ela for muuuuito antiga talvez não saia e aí é melhor levar pra quem faz limpeza de couro pra ver se tem jeito, mas se não for, ele performa o milagre de limpar seu couro sem danificá-lo na boa. Por isso é bom sempre dar uma olhada nas suas peças de couro tipo uma vez ao mês ao menos pra ver se não estão mofando e tal. E tem que limpar bem o armário ou o local que elas ficam com o vinagre as well pra que o mofo não se reinstale. Porque limpar só a peça e recolocá-la no mesmo lugar sem dar uma desinfetada geral só vai facilitar a volta do bandido.

Lembrando que sempre é bom fazer um testinho com a peça antes de passar o produto nela porque a gente nunca tem certeza absoluta se vai dar problema ou não. Use numa área escondida pra ver se não vai estragar o couro. E isso vale pra qualquer coisa, inclusive pra produtos tira-manchas no mercado ou aquela receitinha “segura” que você viu por aí, comprovada cientificamente e tal… Sempre faça um teste pra evitar dor de cabeça depois.

No mais, sempre tenha uma garrafinha de vinagre de álcool à mão pra te salvar de situações como esta…




30/05/14
Na(s) categoria(s): Anote Essa!, Comportamento | Postado por Diandra Fernandes às 9:00

 

E esta dica de não lavar o seu jeans, tipo nunquinha foi dada pelo CEO da Levi’s, Chip Bergh (aqui tem o artigo). Isso porque não lavar o jeans ajuda a mantê-lo em boa forma e bem conservado e ainda poupa água. Ele recomenda que de vez em quando se passe um pano úmido apenas e deixe secar e voilà, pronto pra outra estará.

Bom, quem me lê por aqui sabe que eu já disse que lavar a seco ou no molhado detona a peça, mesmo seguindo todas as instruções de lavagem e secagem e tal. Isso é um fato. Quanto menos lavar mais bem conservada a peça ficará. Ou seja, eu não acho a sugestão do dude nada exosférica. Talvez eu não seja tão radical pra sugerir pra nunca lavar mas recomendo lavar menos, bem menos do que de costume. Porque toda e qualquer peça só deve ser lavada quando estiver de fato suja e não porque foi usada e tal. E eu disse suja não imunda, tá? Se não tiver… não precisa não. A única exceção seriam as cuecas… duh! Pras demais, basta depois de usar deixar ventilando por algumas horas ou overnight antes de recolocar no armário ou na gaveta. E pode dar uma “lavada” via fumaça de um banho quente no banheiro ou passando a peça com um steamer que ajuda a higienizar e tal. Fazer isso ajuda bastante a preservar a peça em questão. E isso vale pra jeans e outros tecidos.

Dito isso, no caso do jeans… eu acho o seguinte: lavar menos ou quase nunca é uma boa pra manter em forma e com a cor em dia aquele jeans mais upzinho (que geralmente é aquele mais escuro) que você gosta de usar pra dar umas casualizadas mais arrumadas e tal. Ou mesmo aquele que você usa pra trabalhar. Porque dá uma vibe mais arrumada ao look mantê-lo com um aspecto de novo, digamos assim. Agora, para aquele jeans do dia a dia, que você usa pra informalizar ou casualizar no modo down, aí eu acho que as detonações visuais que ocorrem tanto com o uso constante como a lavagem podem adicionar um plus até. Porque eu acho que um dos charmes do jeans é este aspecto meio que detonadinho, rodado e tal. Mas isso não quer dizer que mesmo pra esse você não possa diminuir a frequência que ele vai pra máquina. Pode e deve até. Mas pra esse pode lavar com um pouco de mais frequência do que o raramente, sacou? Enfim, aí fica a seu critério e gosto.

 




123... 6Próxima Página 1 de 6