Vem saber tudo sobre ternos, vem?


26/02/14
Na(s) categoria(s): Tech Stuff | Postado por Diandra Fernandes às 8:42

Hey você que adora um karaokê, sabia que tem um app onde você pode karaokêzar da comodidade do seu celular? Pois tem. E o nome dele é Sing! Karaoke (duh!). Nele você pode escolher uma música no menu de opções pra cantar solo, em dueto ou em grupo e compartilhar com outros e receber feedback e tal. Pode ainda se valer de alguns efeitos especiais pra dar uma melhorada na sua performance vocal. E claro, se divertir karaokêzando.

No vídeo acima tem um tutorial pra ver melhor do que se trata o app.

É de grátis, mas tem upgrades pagos por lá, se preferir algo mais cheio de opções.

Disponível no iTunes e no Google Play.

BioFlash: Este eu não baixo de jeito maneira porque o.de.i.o karaokê. Muito mais porque tenho uma voz decepcionante pra cantar do que pela ideia do karaokê per se. ;( E nem a possibilidade de dar uma arrumada com efeitos especiais me animou a testar… hehehe




19/02/14
Na(s) categoria(s): Tech Stuff | Postado por Diandra Fernandes às 8:55

doodles antigos

Outro dia me bateu uma saudadezinha do Doodle do Dr Who que foi a único joguinho dos últimos tempos em qualquer lugar ou plataforma que eu me interessei em jogar e acabei curtindo. Daí que Googlei pra ver se tinha o próprio em algum arquivo do Google. E não é que tinha? Daí que fiquei sabendo que tem a página do Google pra encontrar Doodles antigos, coisa que não sabia…. E se você é como eu que nem sabia dessa, agora já sabe que quando bater a saudadezinha de algum Doodle do passado pode matar dando uma passadinha por lá.




12/02/14
Na(s) categoria(s): Tech Stuff | Postado por Diandra Fernandes às 9:11

E a sugestão é a seguinte: Inventa uma frase longa fácil de lembrar (ou uma frase de alguma música que goste) que contenha alguns números e pegue as primeiras letras de cada palavra (mixando maiúscula com minúscula) e inclua todos os números presentes e voilà, eis a sua super senha. Por exemplo, uma frase: Eu bebo 3 xícaras de café por dia e 5 de chá. A sua senha seria Eb3xdcpdE5DC. Pode ainda acrescentar um ou dois caracteres extra tipo & ou ^.

senha

Outras boas dicas pra ter uma super senha seria ter uma senha diferente pra cada coisa que seja importante e ter ao menos uns 8 (sendo que uma com uns 12 estaria de melhor tamanho) caracteres nela. ;-)

Via Slate.




05/02/14
Na(s) categoria(s): Anote Essa!, Tech Stuff | Postado por Diandra Fernandes às 8:20

Porque assim: falou em chat a gente pensa logo em papear socialmente com amigos ou conhecidos e tal. Mas esta opção costuma fazer parte das opções de contato que as empresas com presença online disponibilizam. Ou seja, seu banco, cartão de crédito, loja online onde você faz compras talvez tenha esta como opção de contato contato… e se algo der errado ou você tiver um problema ou alguma dúvida sobre algo, saiba que existe esta opção de chat pra endereçar este problema ou esta dúvida. E a minha experiência com ela tem sido muito positiva. Nem todas as empresas disponibilizam, mas se tiver, vale a pena ao menos experimentar. Porque você pode até entrar numa fila de espera mas vai estar esperando na comodidade da sua cadeira em frente ao PC ou mesmo da sua cama, e pode deixar a janela aberta até chegar a sua vez enquanto browseia por aí. Não sei se o serviço é bom porque a procura é pouca ainda, mas que tende a ser melhor do que via telefone ah, isso costuma.

live-chat

E eu comecei a usar esta opção depois de tentar ligar não sei quantas vezes para uma empresa onde tinha comprado algo e não conseguia me comunicar de jeito maneira. Foi a Sephora, que na época ainda era Saks. Tentei diferentes horários no dia e só dava ocupado. Aí resolvi experimentar e voilà. Demorou um pouco pra eu ser atendida, tipo alguns minutos e acho que a resposta padrão que me foi dada poderia ter sido dada mais rapidamente, já que era uma resposta sobre um procedimento padrão, mas pelo menos a resposta estava certa e tudo foi resolvido no tempo que me foi dado.

Outro dia estava no meu banco online e como tinha uma dúvida sobre algo na minha conta recorri ao chat e achei sensa. Foi super rápido e indolor. Aliás, a minha pergunta era daquelas que causa vergonha própria, sabe qual? Pois então… taí uma outra vantagem do chat… nos poupa um pouco mais de um eventual shame on me. hehehe Mas daquele dia em diante se eu puder resolver ou endereçar o que tenha que for por chat, farei.

Fica a dica.




22/01/14
Na(s) categoria(s): Anote Essa!, Tech Stuff | Postado por Diandra Fernandes às 9:34

Screen Shot 2013-12-12 at 19.30.54

Com esta ONda feroz de Lulus, Clubes do Bolinha e Tubbys dos últimos tempos vale registrar uma coisa importante sobre apps: toda vez que você aceita um app ainda mais aqueles que têm algum vínculo com o Facebook (que você pega por lá, tipo aqueles calendários, descubra seu signo blá blá blá e cia) ou que se vincula ao seu FaceBook ao baixar, você permite que eles tenham acesso aos seus dados disponibilizados ali no seu perfil. E eu particularmente não acho isso uma boa. Por isso eu bloqueio tudo quanto é app. E se você não gostar desta folga aí como eu, eis uma maneira de bloquear os apps: vai na ferradurinha no lado direito do seu perfil, clica no configurações da conta. À esquerda tem o Aplicativos onde você pode ver quais aplicativos já tem habilitado. Se quiser remover algum dali, basta clicar no X do lado do editar. Se quiser bloquear um que ainda não chegou a te encher o saco, vai no Bloqueio, bloquear aplicativo e coloca o nome do aplicativo (tem que ser o nome dele certinho). Quando aparecer o nome na listinha do drop down menu, seleciona e clica nele que ele vai pra sua lista de bloqueados.

bloqueando app facebook

Pode ainda ir na página do app no Facebook e na ferradurinha escolher a opção Bloquear aplicativo e pronto. Done.

Outra coisa boa de fazer é não deixar nada seu configurado como público.

Se você receber uma notificação de um destes apps porque um amigo mandou um convite, pode desativar clicando no X da notificação e depois no desativar que não vai receber mais notificação nenhuma de outras pessoas que te convidarem pra jogar ou ter determinado app.




10/12/13
Na(s) categoria(s): News | Postado por Diandra Fernandes às 18:33

fanpage-dudes-modernos

E estou perguntando porque por lá eu costumo postar coisas interessantes que achei por aí que não posto por aqui. Tipo esta nova leva de empresas/grifes gringas que pra prestar um melhor serviço ao fazer roupa feita sob medida virtualmente estão colocando à disposição de seus clientes algumas opções pra tornar o processo o mais acurado possível.

instagram

Ou estas duas fofices que são sensaCão do Instagram…

Ou… só passando por lá pra ver o que mais eu andei postando por lá.

Dito isso: o FaceBook mudou recentemente as suas “engrenagens” onde deixou claro que de agora em diante FanPages que não anunciam por lá vão figurar bem menos na TL das pessoas que curtiram a tal página. Portanto, se você gosta de acompanhar no FaceBook as postagens do Dudes ou as outras que cato por aí, fique esperto porque muito provavelmente você não vai ver todas as postagens na sua TL, se é que alguma vai pintar por lá. Vez ou outra dá uma conferida no feed das suas páginas curtidas ou então dê uma olhada na página do Dudes pra ver as novidades. ;-)




05/12/13
Na(s) categoria(s): Comportamento | Postado por Diandra Fernandes às 9:21

Lendo certas coisas na dona internê eu confesso que me pergunto se as pessoas sabem no que implica realmente gostar ou não de algo. Porque gostar ou não de algo ou achar algo isso ou aquilo, brega ou que não deva ser usado ou feito pela razão que for implica em você que não gosta de X, não usar ou se valer de X e não que todos os seres na face da terra deveriam como você não gostar e fazer o mesmo não se valendo de X, só pra estarem todos de acordo com a sua estética. O mesmo se aplica ao gostar. Por exemplo, você pode achar a Crocs o uó, mas isso não tira o direito de outros de gostarem e pasmem, usarem a própria. Porque o fato da Crocs não lhe apetecer não a torna automaticamente algo não gostável e não usável pra todos.

gostar ou não de algo

Isso não quer dizer que você não possa experessar algo que te desagrade, mesmo porque você tem todo o direito de gostar ou não de algo. E pode expressar este desagrado, claro, desde que você entenda que o fato de expressar algo continua dando todo o direito a outras pessoas de gostarem e se valerem de algo que você odeia. E vice-versa, versa-vice. Porque ninguém tem a obrigação de ser moldado ou adequado ou padronizado ou catequizado pelo seu ou o meu senso estético. Imagina só ter que viver sob o regime da ditadura do gosto alheio? Eu, hein.

E eu estou falando isso porque às vezes eu tenho a impressão que o expressar que não gosta é uma vontade legítima que aquilo suma da face da terra, tipo que a ficha de todos que discordam caia e que ninguém se valha daquilo, para melhor conveniência de quem desgosta. Porque né, o mundo não gira ao redor de um alguém somente, e muito menos é comandado pelo senso estético ou gostos deste alguém; ele gira ao redor de todos ao mesmo tempo, believe it or not. E tá, você pode achar que o corpo do cara saradão da academia é feio pacas, que o novo tênis da Nike é o uó, que essa tendência do verão é ridícula, mas entenda que porque você não gosta não torna determinada coisa algo não gostável pra todos. Porque assim, tem gente que não gosta de chocolate. Eu posso até não entender como isso procede, mas tenho que entender que quem não gosta tem todo o direito de não gostar e não comer chocolate. Eu como gosto, como. E é pra isso que serve o gostar ou não de algo: pra arbitrar a nossa vida e não a dos outros. Se não gosta do que é publicado numa revista, não compre, não leia e nem comente nada sobre ela, afinal de contas se você não gosta, pra que perder seu tempo dando ibope pra ela, que é o que a mantém viva? Porque acha que expressar o seu não gostar pode catequizar quem gosta ou melhor, pode ainda fazer com que ela não mais seja publicada? Mesmo? Porque pelo que me consta a revista só tem chances de desaparecer da face da terra quando não render mais polêmica que se converta em “ibope”…

Se por algum acaso não gosta das postagens que alguém faz na rede social dele, desassina, não leia, dê unfollow. Dude, pra quê ficar recebendo algo que você odeia se tem a opção de não receber? Por masoquismo? Ou pra manter a pose de nice guy e não do bad one que dá unfollow? Porque é assim que a gente deve lidar com o que nos desagrada e não achando que as pessoas têm que se moldar pelas nossas querências ou gostanças. Isso sem falar que, honestamente, quem gostaria de ter por perto alguém que acha que tem o direito de se meter em algo que não tem o menor direito de apitar? Exato, somente mesmo alguém que se acha o centro do universo, não é mesmo? Pois é. Além do que, taí uma postura de alguém intolerante. Sim, é.

Então, mantra aí vai: o gostar ou não de algo, o nosso senso estético só deve nortear uma coisa: a nossa prórpia vida e as nossas escolhas. A dos outros é norteada pelos gostos deles. E se você não gosta das escolhas dele, tem todo o direito de se desnortear ou nortear o seu olhar pra outro lugar. ;-)

XOXOXO




1234 Página 1 de 4