Como Usar e Onde Encontrar Pulseiras Masculinas!


18/09/07
Na(s) categoria(s): Acessórios Masculinos, Q&As | Postado por Diandra Fernandes às 12:23

Pra esta questão eu poderia responder: Claro que não! – de acordo com certos tradicionalistas ou Por que não? – se fosse na onda dos fashionistas e modernistas de plantão. Na verdade, você pode se quiser abolir sim o uso do cinto com o terno. Neste caso o melhor seria mandar remover os passantes na calça para que não fique com cara de que algo está faltando no visual. Mas tem muita gente que não remove e não usa o cinto anyways. E não é considerado nenhuma atrocidade, pelo menos não no momento e entre os conhecedores de causa, pois é visto como um jeito moderno de usá-lo.

Os ternos slim ficam ótimos sem ele, por exemplo. Já os tradicionais ou algo próximo a eles, talvez de fato fiquem melhor com os cintos. Assim como de repente uma ocasião onde o uso do terno peça uma leitura tradicionalista, por exemplo. Mas isso vai depender do gosto e critério de julgamento de cada um. E da ocasião também. Portanto, que você bata o martelo nesta!

Agora, se preferir usar sem cinto, prepare-se para os olhares “condenantes” de uns, pois com certeza eles pintarão.

Leia também: Tudo o que você deveria saber sobre ternos




22/08/07
Na(s) categoria(s): Anote Essa! | Postado por Diandra Fernandes às 17:20

Nada disso. São apenas duas boas opções.

Um slim fit é um terno cortado mais rente ao corpo, com as cavas das mangas mais rentes às axilas, com um pouco mais de cintura, ou seja, com uma estética um tanto mais slim tanto no paletó quanto nas calças que são flat front e nada larguinhas e sim mais sequinhas. Este corte evidencia mais e melhor a silhueta. E voltou à tona graças ao então estilista da Dior Homme Hedi Slimane que resolveu afilar a silhueta masculina há algumas estações atrás. A estética não só vingou, como perdura até hoje. E é considerada a silhueta moderna e do momento. 

Mr. McQueen nos anos 70 e Hedi Slimane nowadays

Já um terno tradicional/clássico, ao contrário do que muitos possam pensar, não é aquele quadradão e “disfórmico” que muitos adotam por aí não. É um terno cortado de forma um pouquinho só mais confortável, sem revelar assim tão evidentemente as curvas do corpo, mas que deve mesmo assim ser ajustado à silhueta (e curvas) do usuário, sem, no entanto gerar um resultado tão aderente como um slim fit. Diria que o tradicional flerta suavemente com o corpo masculino, enquanto o slim fit/cut é mais descarado no flerte. Ou seja, o tradicional é um terno visualmente mais relaxed sem ser relaxed demais. Eu diria que ele é uma aparentado do slim fit ou contemporâneo, como aliás é chamado por aqui. Deu pra entender?

Traditional Fit ajustado para a silhueta do usuário

É claro que um terno tradicional (que não é o quadradão e sim um aparentado do slim fit com direito a ter inclusive cintura etc e tal) ou mesmo uma vertente mais light do slim fit tendem a ser mais democrático para as silhuetas masculinas vigentes. Só lembrando que um terno slim fit, além de garantir uma silhueta moderna é altamente “poderoso” visualmente, pois dentre outras coisas é inegavelmente “personalizado”.

Mas não se preocupem tradicionalistas… pois um terno bem cortado e ajustado para a sua silhueta ou até com um quê de slim fit se preferir, terá um impacto semelhante. Isso, eu garanto.

Tudo o que o seu terno deve emanar when done!Trad com quê de slimt fitTradicional ajustado para a silhueta do dono

Leia também: Tudo o que você deveria saber sobre ternos e Um papo rapidinho sobre o terno slim.




04/07/07
Na(s) categoria(s): Guia de Compras, Q&As | Postado por Diandra Fernandes às 0:07

Indo direto ao ponto, as guidelines para as medidas do terno são:

O paletó do seu terno deve sempre cobrir o seu traseiro por completo. Ponto. Se você for do tipo vertically challenged, ou seja, um da trupe dos baixinhos, recomendo que o paletó se alongue só o suficiente para cobrir o bumbum e que pare justamente logo abaixo da curvinha que o liga à perna. Mais do que isso vai encurtar ainda mais as suas pernas.

Para quem é de altura mediana ou alto, pode se ir um pouco mais além. Mas não muito, só um pouco mais abaixo da linha padrão dos baixinhos até que a altura de tronco e pernas se equivalham visualmente.

Se for altão e quiser ou precisar “encurtar” as suas pernas porque elas são longas demais… aí desça um pouco mais. Mas nada de exageros, só o necessário para equilibrar a silhueta caso seja preciso. Caso contrário, o bichinho te engole.

Uma boa maneira de saber até onde o seu paletó deve ir é ficando em pé e com os braços esticados para baixo. Aí agarre a barra do paletó com os dedos fazendo uma conchinha. Deu para agarrar na boa? Então é nesta altura que ele deve ficar. Nem mais, nem menos. Mas só um detalhe: quem tem braços curtos não vai ter bons resultados com esta técnica não. Idem para braços longos.

Mangas certas

Já as mangas do paletó não devem jamais ultrapassar o limite que a sua mão estabelece, que dirá engoli-la. A altura certa de uma manga de paletó de terno é na altura do osso do seu pulso (onde ele encontra a mão) para permitir que pelo menos um dedinho da camisa apareça por esta “brecha” sem devorar as suas belas mãos. E deve ser com ele assim, estendidão ao lado do corpo (como na foto acima). Você pode mostrar um pouquinho mais ou um pouquinho menos do punho da camisa dependendo do seu gosto, mas sempre mostre, pois isso demonstra que você sabe o que está fazendo quando o assunto é ternos.

Mangas no lugar da camisa e do paletó

Há variações mais modernas, onde você pode encurtar mais um pouquinho este ratio, mas é só um pouquinho mesmo. Senão fica pescando siri, o que não é a intenção aqui.

Em relação às calças… você pode optar por uma altura de caimento aonde dê para cobrir inteiramente as meias e tocar levemente os sapatos. Ou pode ainda deixar a barra um pouco mais longa deixando-a bater mais ou menos na altura do terceiro cadarço (se o sapato for de amarrar é claro) contando da ponta do pé pra cima e ficando acima da altura do salto do sapato sem nunca cobri-lo nem chegar perto dele.

Na medida certa para cobrir meia e um tantinho de sapato!

Agora, em nenhum caso, quando em pé, a meia deve aparecer. Nem andando. E não deve também ser longa ao ponto de formar volume algum sobre o sapato. Ela tem que cair reta e na boa, mesmo com barra italiana. Ou talvez, principalmente com ela.

Veja ainda:

Os ternos que um homem deveria ter

Tudo o que você precisa saber sobre ternos

E se estiver procurando ternos online pra comprar, dá uma olhada aqui ó.




Anterior1343536 Página 36 de 36